Gestão

8 passos de especialista para usar LinkedIn como ferramenta de marketing

Redes sociais são uma poderosa peça de aproximação aos consumidores. Cada uma, porém, com características próprias. Utilizada exclusivamente para relacionamentos profissionais, o LinkedIn também pode ser usado como ferramenta de marketing, para divulgação de produtos por parte de produtores de vinho, por exemplo.

Embora as opções mais comuns para ações de marketing sejam anúncios e links patrocinados, criar rede de conexões é a forma estratégica para alcançar melhores resultados, na opinião da especialista em social business da DMS – Digital Marketing Solutions, Denise Maia.

O primeiro passo é pensar no público alvo. “Usar os filtros de buscas avançadas para localizar a pessoa correta dentro da empresa e pensar em uma forma adequada de abordagem, sem ser invasivo e nem inconveniente”, recomenda Denise. O exercício de responder as perguntas “Com quem quero falar? ” e “O que exatamente quero falar para iniciar um relacionamento comercial ou fortalecer o que já existe?”, ajudam a definir a audiência.

Depois das repostas, a empresa pode criar a company page – gratuita –  que deve possuir todas as informações relativas à empresa e ao negócio, agregará os funcionários que atuam na mesma, tornando-os mais fáceis de serem localizados e, como objetivo principal, a possibilidade de gerar conteúdo. “Ou seja, envolver seus seguidores com informação relevante sobre o mercado que atuam, divulgar eventos ou cases de sucesso”.

A especialista alerta também sobre a necessidade da atuação individual dos representantes da empresa, que serão embaixadores da marca dentro do LinkedIn e eles têm lá uma enorme oportunidade de identificar e chamar para conexão parceiros de negócios, investidores, distribuidores em mais de 200 países, onde a rede está presente.

“O importante é que estes profissionais estejam com um perfil atualizado e em, pelo menos, dois idiomas, o português e o inglês”

De acordo com Denise, o passo-a-passo ideal para que empresas ingressem no LinkedIn é:

  1. Criar a company page. “Basta ter um e-mail corporativo”. Isso pode ser feito por qualquer funcionário, mas o ideal é que os sócios da empresa estejam também como administradores da página;
  2. Atenção para não criar um perfil de pessoa física em nome da empresa ao invés de uma company page;
  3. Desenvolva uma apresentação institucional em slideshare (rede social profissional que pertence ao LinkedIn). Ela fica carregada ali e o link fica disponível para que funcionários incluam esta apresentação em seus perfis;
  4. Os profissionais, por sua vez, devem prestar atenção se a foto está adequada;
  5. Se seu título mostra claramente seu papel na empresa;
  6. Verificar se a company page da empresa está em seu perfil;
  7. Evite curtir, compartilhar ou comentar qualquer assunto que gere polêmica. “É preciso fugir das discussões envolvendo política, principalmente”;
  8. Não envie convites para conexão indiscriminadamente, sem avaliar o público e sem personalizar o conteúdo deste convite.

de-garcom-a-sommelier-19