Gestão

Varejo: como realizar uma venda perfeita de vinho?

Varejo: como realizar uma venda perfeita de vinho?

O mercado de vinhos pode estar crescendo gradativamente no País, mas essa popularização ainda depende bastante do conhecimento especializado de vendedores. Afinal de contas, com tantos rótulos à disposição do consumidor, com tipos de uvas diferentes e um interesse global em desembarcar garrafas dos mais diversos lugares do mundo, o cliente pode – e deve – contar com um atendimento diferenciado e personalizado.

Por isso, reunimos neste artigo algumas dicas e sugestões para que a venda de vinho no varejo seja, justamente, esse diferencial para atrair mais clientes e fazê-los voltar até você. Confira!

Como fazer a venda perfeita de vinho?

“Você tem diversos perfis de clientes: aquele que vai até o estabelecimento com uma necessidade, como um evento, mas não sabe qual produto levar. Tem também aquele que vai à procura de um rótulo específico e o que está em busca de uma boa oferta”, aponta Carlos Cruz, diretor do IBVendas (Instituto Brasileiro de Vendas), que também destaca a importância do vendedor identificar esse perfil para atender o cliente da melhor maneira possível.

“O vendedor despreparado vira um mero atendente de recomendação. A investigação é o segredo para que o profissional consiga explorar a necessidade de cada perfil de consumidor”, destaca.

Além disso, para cada perfil de consumidor, inclusive, ele dá uma sugestão de como realizar a venda do vinho:

  • Para o cliente com uma necessidade: ensiná-lo a comprar e apresentar soluções para ele por meio de indicações de vinhos adequados à necessidade dele;
  • Para o cliente em busca de um vinho específico: além de oferecer o vinho solicitado, que tal entender por que aquele rótulo interessa tanto ao cliente? Assim, você consegue oferecer itens similares que possam despertar mais o interesse do cliente.
  • Para o cliente em busca de uma boa oferta: ao conhecer as necessidades, o atendente pode qualificar o cliente e trabalhar dentro daquilo que ele está à procura.

Dessa maneira, seus profissionais terão ainda mais qualificações para garantir que a experiência do cliente seja um sucesso e, consequentemente, ele considere a sua loja para uma futura compra.

Quais as vantagens de se importar com o atendimento na venda do vinho?

Independentemente do setor, um bom atendimento faz a diferença para atrair mais clientes e fidelizar aqueles que já conhecem os seus serviços ou produtos. E esse é um dos grandes diferenciais e vantagens de apostar em um atendimento qualificado na venda de vinho: você educa o seu consumidor e se torna uma referência para ele.

“Você precisa ter alguma forma de contato com o cliente para conhecer, saber o que ele gosta. Criar um relacionamento para que as pessoas procurem por ele. Assim, ele vira referência por dominar o produto, mas principalmente por conhecer pessoas; as necessidades de cada cliente, e saber como conectar o produto à necessidade do cliente”, informa Cruz, que inclusive já trabalhou com profissionais da área ao ministrar o seu curso de Formação profissional de vendas.

Com isso, fica cada vez mais claro que o setor de vinhos tem muito a crescer ainda, mas principalmente no que diz respeito à fundamental importância em educar e orientar o seu consumidor.

“Isso gera resultado, pois o atendente sabe como explorar melhor as qualidades de cada cliente. As empresas precisam preparar os seus sommeliers a não serem folhetos falantes, mas a conhecer o seu cliente, em primeiro lugar”, finaliza o especialista.

E, como um complemento do que estamos falando neste artigo, que tal, agora, você descobrir um pouco mais a respeito de como um sommelier pode conquistar a confiança do seu cliente?